Uma prova de amor

prova2

Esta semana fui ao cinema assistir Uma prova de Amor (My sister’s keeper – 2009), dirigido por Nick Cassavetes e com Cameron Diaz, Abigail Breslin e Alec Baldwin no elenco (veja o trailer aqui).

O filme é uma adaptação do livro homônimo, de Jodi Picoult, que conta a história de uma menina com leucemia. Como nem os pais nem o irmão são compatíveis, um médico sugere que os pais concebam um outro filho, em laboratório, com as características necessárias para se tornar doador. E assim nasce Anna.

Porém, quando Anna está com 11 anos, ela processa seus pais para que eles parem de retirar órgãos e estruturas de seu corpo para doar para a irmã, que agora precisa de um rim. Esse é o ponto de partida do filme, o divisor de águas, o revelador de verdades escondidas, o desmoronador da estrutura familiar.

Não se trata apenas de uma questão de ética (ter um filho projetado em laboratório para ser doador) ou de uma decisão difícil e inusitada (processar os próprios pais). O filme desperta reflexões sobre temas mais profundos: Com 11 anos, Anna pode ser considerada dona de seu próprio corpo? Isso é mais importante do que a saúde de sua irmã? Uma mãe tem direito de abrir mão do casamento e do trabalho para viver em função de uma filha doente? Como seu marido e seus outros filhos se sentem com isso?  O filme não responde a todas essas perguntas, mas nos faz refletir sobre elas e sobre nossa vida.

Fazia tempo que um filme não me emocionava tanto.

Recomendo.

prova1

3 Responses to “Uma prova de amor”


  1. 1 Claudia 09/10/2009 às 06:58

    Eu queria ver esse filme, mas aqui não tem cinema!
    =(
    Me fala: essa menina é a Miss Sunshine???
    Vc gostou?

    bjos

    • 2 Roger 09/10/2009 às 16:37

      Oi, Clau!
      Em que cidade você está?

      Sim, a menina do filme é a Pequena Miss Sunhine…rs
      Eu curti MTO o filme. Mto mesmo. É triste, mas mto bom!

      Bjodeixacomentário!

      Roger.

  2. 3 Claudia 11/10/2009 às 15:35

    Estou em Maputo, Moçambique.
    Tem cinema, mas os filmes são, geralmente, os descontinuados.
    Estava acontecendo um Festival de documentários aqui. Assisti a muitos, mas confesso que estou com saudades de um mais Hollywoodiano…
    bjinho


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s





%d blogueiros gostam disto: